Missão de Hayat

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Missão de Hayat

Mensagem por Philip Torcan Orteanns em Qua Jan 22, 2014 8:27 pm

Damon Montecchio escreveu:

Missão - Hayat


O sol brilhava forte naquele dia. Nárnia perecia em um clima totalmente quente que fazia com que todas as criaturas de Nárnia suassem inclusive eu. Estava esperando a garota que pedi para encontrarem, ela seria a pessoa ideal para poder realizar o que eu tenho em mente e é isso que penso. A garota era um Espírito da Natureza e a capacidade desta espécie de mudar de forma seria ideal para a missão que tenho. Ela vai ter de ser bem experiente para não acabar sendo morta. A missão que a mandarei é praticamente uma missão suicida.

Cheguei no lugar um tanto adiantado, nunca gostei de me atrasar e eu estava totalmente disfarçado. Caso passasse alguém que eu conheço, jamais me reconheceria. Estou coberto por uma túnica com um capuz de cor azul escuro igual ao céu a noite. Minha espada esta presa em minha cintura e meu escudo em minhas costas. Por baixo desta túnica estou em uma armadura bastante resistente. Não serei derrotado por ninguém. Sento em uma pedra e fico esperando a mesma.



 




Life is so cold


Créditos: Charlotte Le Blanc

Philip Torcan Orteanns
Calormanos
Calormanos

Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão de Hayat

Mensagem por Hayat em Qua Jan 22, 2014 8:50 pm

Estava sentada na sombra, aos pés de um alto salgueiro em todo o seu esplendor, pássaros vinham de todos os lugares e pousavam em galhos próximos ou mesmo ao lado da jovem - nem tão jovem assim -, pequenos animais, como esquilos, texugos, macacos e outros também estavam se aglomerando. Com as costas encostadas na madeira resistente, Hayat tocava uma melodia harmoniosa, seus dedos suaves dedilhavam as finas cordas com habilidade notável, enquanto o som melancólico e de grande beleza inundava o ambiente com paz e tristeza, atraindo continuamente seres de todas as partes. A sombra larga e a grama confortável representavam um abrigo agradável e a musica parecia irresistível. Seus olhos azuis permaneciam fechados e ela continuava quase parada, se não fosse o movimento das mãos, certamente poder-se-ia concluir que se tratava de um cadáver abandonado. Ao seu lado, ainda em sua bainha de couro, estava sua espada, para o caso de uma emergência. Depois de não mais que trinta ou quarenta minutos tocando, decidiu parar de repente e então todos os animais se foram.

Amarrou a bainha de couro a sua cintura, usava um vestido medieval simples, verde-escuro e negro e os cabelos lisos, levemente desgrenhados, estavam soltos ao longo de seus ombros. Segurando a harpa com a mão esquerda, retirou-se da sombra do salgueiro, no entanto, antes que pudesse se afastar muito, sentiu uma mão gélida envolver seu braço direito e, instintivamente, largou a harpa e desembainhou a espada de cobre girando o corpo. Parou a lamina a poucos centímetros do pescoço da pessoa que a tinha procurado, um homem de meia-idade com cabelos levemente grisalhos e uma longa cicatriz atravessando o rosto, vestindo uma túnica negra e com a cabeça quase totalmente coberta por um capuz. Não se demorou muito, ele rapidamente explicou a razão de estar ali e lhe passou a mensagem do homem que precisava dela. Precisou de alguns poucos segundos para avaliar a situação e tomar sua decisão. Pegou a harpa mágica que estava no chão e seguiu o estranho ate aquele que precisava dela.


Hayat

Mensagens : 9
Data de inscrição : 22/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão de Hayat

Mensagem por Philip Torcan Orteanns em Qua Jan 22, 2014 9:20 pm

Damon Montecchio escreveu:

Missão - Hayat


Já estava cansado de esperar. O tédio estava dominante ali e me faz suspirar com frequência. Além de estar esperando a garota que se atrasara ainda tinha de enfrentar o imenso calor que estava ali. Me levantei com raiva e estava prestes a partir, comecei a caminhar em direção oposta de onde meu amigo fora buscar, estava com o pensamento concreto de ir embora e quando estava uns metros de distância do lugar de encontro, paro e decido esperar por mais tempo. Volto até a pedra e fico ora assoviando ora cantarolando baixo, onde estariam eles? Por que estão demorando tanto? E o que diabos fazem? Eram muitas perguntas que eu tinha para fazer até avistar de longe duas sombras, das árvores saem duas pessoas: O meu amigo e quem eu pedi para ele trazer, eu creio. Passam uns segundos e eles chegam a meu encontro, recebo os dois com um sorriso e assento positivamente para que meu amigo possa ir embora. Fico a sós com a mesma.

A examino. Parece ser experiente e não tem cara de frágil. Anda armada com uma Harpa que eu julgo ser mágica e uma espada que olhando a cor e a estrutura do material, é de cobre. Balanço a cabeça positivamente e afirmo com o polegar esticando o braço em sua direção. Aprovada. -Sabe, você pode até concluir esta missão, mas saiba também que é uma missão muito difícil, você poderá até morrer se não se cuidar então escute bem as instruções.- Eu suspiro e continuo - Você terá de ir até o Bismo e roubar uma coisa que a Feiticeira roubara, um artefato mágico...Está sendo guardado por vários gnomos e um minotauro, você enfrentará várias criaturas no caminho. Se você conseguir conseguirá muito dinheiro além de aumentar sua experiência em batalhas.- Suspiro e sorrio para a mesma. -Aqui está.- Digo entregando uma bolsa mágica. -Esta bolsa é mágica e assim que colocar o artefato mágico ai dentro ele virá até mim, é uma espada mágica...Espero que consiga e não morra.- Digo virando as costas e desaparecendo entre as árvores da floresta.


 




Life is so cold


Créditos: Charlotte Le Blanc

Philip Torcan Orteanns
Calormanos
Calormanos

Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão de Hayat

Mensagem por Hayat em Qua Jan 22, 2014 9:37 pm

O caminho parecia ser muito mais longo do que ela imaginava e, diante do Sol forte, brilhando triunfante em meio ao céu azul límpido de Nárnia, tudo aparentava ser ainda mais demorado e entediante. Para piorar, o homem desconhecido que caminhava ao seu lado suava quase que descontroladamente e ele seguia impaciente, andando de maneira rápida, mas um tanto desengonçada. Definitivamente, aquele não era um nobre ou ao menos, não tinha sido talhado nos finos costumes dos grandes palácios e castelos dos reinos dominantes. Durante todo o percurso, a expressão de Hayat continuou a mesma: o mais absoluto e abrangente nada, simplesmente um enorme vazio. Não havia sinais de desconforto, raiva, nervosismo ou qualquer outra emoção, o que tornava seus pensamentos completamente indecifráveis. Os passos eram suaves e simétricos, perfeitos, como se realmente estivesse flutuando, um andar digno da nobreza. Algumas vezes, um leve vento soprava a terra, fazendo seus cabelos ruivos balançarem.

Certamente, demorou muito menos tempo do que os dois imaginaram. Logo se aproximaram de uma figura imponente quase que totalmente envolvida em uma túnica com capuz azul escuro que, claramente, tinha como único propósito, proteger sua identidade. Obviamente, tinha alguns itens consigo que sempre poderiam ser uteis diante de imprevistos: uma espada e um escudo. Como sempre, Hayat tinha sua expressão facial neutra e o corpo se comportava de maneira perfeita e bem coordenada, como uma bailarina. Enquanto ele lhe explicava sobre a natureza do trabalho e falava sobre alguns pormenores acerca da missão, o espírito ouvia atentamente, queria memorizar tudo. Pegou a bolsa mágica e a prendeu no cinto de couro em sua cintura. Particularmente, não tomava partido na divergência entre Aslan e a Feiticeira, mas sempre preferiu o Grande Leão. Após um curto momento de reflexão, já com todos os itens prontos, corre em direção a Bismo, ao mesmo tempo em que o estranho desaparecia entre as arvores.

Hayat

Mensagens : 9
Data de inscrição : 22/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão de Hayat

Mensagem por Philip Torcan Orteanns em Qua Jan 22, 2014 9:53 pm

Damon Montecchio escreveu:

Missão - Hayat


Solto uma risada em cima de uma árvore pendurado em um galho. Observava a garota correr em direção ao bismo...Parecia determinada e é isso que eu queria, determinação. Espero até a mesma desaparecer na floresta onde as copas das árvores são bem altas e são impossíveis de ver o céu. Assovio e um grifo vem voando, salto do galho e paro em sua montaria e peço para o mesmo ir em direção reta como se fosse ao Bismo. -Senhor? O Bismo?- Ele pergunta para mim com olhar de desespero, os Grifos não gostam nada de ir ao bismo...é um lugar onde não se pode voar já que é profundo e tem teto. -Calma Pneumotroscopionogologista, nós só estaremos na entrada esperando a garota que acabei de mandar em uma missão.- Ele suspira em alívio até ouvir garota e mandada. -O senhor mandara uma garota para o bismo?- Ele pergunta com uma expressão de choque. -Mandei, ela se sairá bem...Eu sei.- Sorrio e curto a viagem.

O Grifo voa rapidamente e sinto a brisa em meu rosto, olho para baixo e mesmo ela não podendo me ver, consigo vê-la, com esforço mais consigo. Ela ia rapidamente correndo e toda confiante, acho que achava que não enfrentaria uma criatura tão cedo e quando olho mais para frente, vejo um anão vindo em sua direção, segurava um machado de porte médio de cor dourado. Sorrio e peço para o grifo pousar em uma árvore para podermos vê-la em ação contra este anão.

OBS: O anão é level 2 e você level 1.
Anão: 200/200
Hayat: 100/100






Life is so cold


Créditos: Charlotte Le Blanc

Philip Torcan Orteanns
Calormanos
Calormanos

Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão de Hayat

Mensagem por Hayat em Qua Jan 22, 2014 10:16 pm

Ela corria, livre, como uma falcão mergulhando em pleno vôo para abater a sua presa, ela não apenas corria, ela também voava, estava seguindo o vento e ouvindo a natureza ao seu redor. Mas afinal, o que significa a liberdade? Parece trágico o modo que tantas criaturas se entregam miseravelmente aos serviços mais sujos apenas para tentar atingir uma ilusão tola. Eles não sabem, mas a liberdade significa se elevar, a liberdade, na verdade, não passa de transcendência. Seguia confiante, mas atenta, de vez em quando parava um pouco para ouvir o que se passava nas redondezas ou tentar visualizar um alvo em potencial. Muitas vezes concluiu que deveria ter levado consigo arco e flecha para que pudesse abater os oponentes a longa distancia, com menos chances de se machucar, alem do mais, o vestido que estava usando, com toda certeza, não poderia ser considerado o ideal para uma corrida ou uma batalha. Continuou seguindo velozmente, queria finalizar o mais rápido possível esse trabalho, no entanto, em um determinado trecho do caminho, percebeu algo: não estava sozinha por ali e, naquele momento, isso representava um perigo realmente muito grande.

Não precisou procurar muito, logo viu que um anão estava correndo em sua direção, carregando um machado de porte médio e dourado. Talvez fosse ouro, afinal, muitos anões eram conhecidas por suas habilidades espetaculares com a forja. Inicialmente, pensou em usar sua harpa mágica para neutralizar o inimigo, no entanto, percebeu que não teria tempo para isso, alem do mais, seria um gasto desnecessário de energia. Infelizmente, a baixa estatura dele representava um problema, mas ela sabia como se lidava com aquelas pequenas criaturas, então, desembainhou sua espada, segurando-a com a mão direita. Logo que ele estava a não mais que, aproximadamente, trinta centímetros dela, ela desceu o braço rapidamente para baixo, efetuando um corte vertical de cima para baixo com a espada de cobre, com o intuito de cortar sua cabeça e, em seguida, independentemente de obter êxito, tentaria dar uma joelhada nele – que provavelmente acertaria o seu rosto.

Hayat

Mensagens : 9
Data de inscrição : 22/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão de Hayat

Mensagem por Philip Torcan Orteanns em Qui Jan 23, 2014 2:50 am

Damon Montecchio escreveu:

Missão - Hayat


[color=white][font=Calibri]Ela parecia estar feliz da forma que corria livremente e enquanto eu sobrevoava ela em a mesma perceber. O anão que vinha em sua direção tinha uma expressão de raiva, acho que seu mestre batera nele e o mandara vir matar esta jovem espírito da natureza. O anão segurava o machado como se não fosse nada ou só um papel e mesmo a garota sendo habilidosa, teria uma dura batalha. A criatura chega próximo o suficiente para acertá-la com um golpe de machado, mas é um fracasso quando o mesmo tem de se defender do ataque da garota colocando o machado na sua frente. Solto uma risada. Então a joelhada da garota foi com sucesso e faz o anão ir para trás e ficar com uma mancha vermelha no rosto.

O anão se levanta rapidamente e vai correndo até a garota, sua expressão de raiva parecia mais ódio, suas sobrancelhas pareciam estar pulando de seu rosto e se juntando em pé de tanto esforço feito na expressão, o anão corre e quando chega próximo da garota gira seu machado visando acertar a cintura da mesma e depois tenta um pontapé com a perna direita que mesmo sendo pequena, conseguiria acertar a perna esquerda da garota.

OBS:
Hayat: 100/100
Anão: 190/200

Tente se defender...Se não morrerá.


Life is so cold


Créditos: Charlotte Le Blanc

Philip Torcan Orteanns
Calormanos
Calormanos

Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão de Hayat

Mensagem por Hayat em Qui Jan 23, 2014 10:24 am

Poderia parecer tão feliz, tão satisfeita com tudo, mas a verdade era que não sentia quase nada, talvez, apenas, um pouco de tristeza e solidão. Conforme o que tinha imaginado, o anão não era um grande adepto de estratégias e por isso agia com relativa impulsividade. Ele se defende da lamina de cobre colocando o machado em sua frente, mas acaba sendo acertado pela joelhada no rosto, exatamente como o previsto. Para poder ficar mais ágil, jogou sua harpa mágica a alguns cerca de seis metros e agora tinha a mão esquerda livre e poderia alternar entre a direita e a esquerda, para surpreender o anão. O Sol ainda brilhava com fortemente e nenhuma brisa aparecia, deixando o calor quase insuportável, contudo, naquele momento, esta parecia ser a menor das preocupações com a qual teria de lidar. Por um instante, ela pensou em correr e pegar a harpa de volta, poderia liquidar o oponente com mais facilidade. Ate porque, ele não parecia ser exatamente o tipo de criatura inteligente e centrada que resistiria a um feitiço de hipnose ou semelhante.

Antes que tivesse muito tempo para pensar na melhor alternativa para o combate, percebeu que o anão estava prestes a contra-atacar. Mesmo estando completamente focada em como se defender, foi impossível não ver o quanto o pequenino parecia completamente furioso, era como se estivesse prestes a explodir em pura raiva, era como se seu corpo gritasse e se contorcesse em ódio. Depois de viver por tanto tempo e viver tantas experiências, ela acabou aprendendo a ler a linguagem corporal. O adversário girou o corpo, efetuando um golpe com o machado que talvez acertasse sua cintura, mas ela era ágil e a ofensiva era relativamente fácil de fugir. Hayat flexionou os joelhos e deu um salto alto para trás, com o intuito de escapar da lamina dourada, em seguida, quando o anão se aproxima e tentar chutar sua perna esquerda, ela rapidamente dirige sua espada de cobre para baixo. A intenção era a de empalar a perna com a qual o oponente iria usar o pontapé no meio do movimento, ferindo-o e interrompendo-o.

Hayat

Mensagens : 9
Data de inscrição : 22/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão de Hayat

Mensagem por Philip Torcan Orteanns em Sab Jan 25, 2014 2:06 pm

Damon Montecchio escreveu:

Missão - Hayat


Êxito. A garota conseguira desviar dos dois ataques e ainda empalar a espada na perna do anão e enquanto o mesmo estiver empalado, não poderá se mover.

OBS: Hayat: 100/100
Anão: 150/200

Life is so cold


Créditos: Charlotte Le Blanc

Philip Torcan Orteanns
Calormanos
Calormanos

Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão de Hayat

Mensagem por Hayat em Ter Jan 28, 2014 12:40 pm

Quem diria, todas as suas ações haviam tido êxito absoluto e agora, a perna no anão estava terrivelmente prejudicada, com toda certeza, ele não poderia mais usá-la. Cansada de brincar com a pequenina criatura, o espírito da natureza decide finalizar o oponente com um golpe vertical de cima para baixo com sua espada, visando cortar a cabeça do oponente. De qualquer modo, ainda tinha a seu favor o ferimento que ela fez anteriormente na perna, o que certamente acarretaria em hemorragia, podendo causar sérios prejuízos. Independentemente de ter sucesso ou não, ainda poderia contar com seu considerável domínio sobre as artes da magia e, em plena natureza, tudo se encontrava ao seu favor. Havia uma verdadeira infinidade de opções para serem exploradas, contudo, por ora, o que parecia mais preocupante, é se choveria ou não no final do dia. Seria muito bom se chovesse, alguns rios e lagos em Nárnia precisam de mais volume.

Off: Desculpe a demora e o post curto, tive que fazer uma viagem inesperada para longe de minha cidade por motivos pessoais e, até quatro de fevereiro (04/02), meu acesso à internet será muito restrito.

Hayat

Mensagens : 9
Data de inscrição : 22/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Missão de Hayat

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum