Sala do Trono da Feiticeira

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Aslan em Sab Jan 18, 2014 7:26 pm

Sala do Trono da Feiticeira

Uma sala bastante fria e grande tanto na largura quando no comprimento a frente esta um trono feito e gelo onde a feitiçeira branca se senta..


Thanks Nanda from TPO

avatar
Aslan
Animais Falantes
Animais Falantes

Mensagens : 138
Data de inscrição : 17/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
1000/1000  (1000/1000)

Ver perfil do usuário http://rpgnarnia.forumeiro.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Philip Torcan Orteanns em Dom Jan 19, 2014 11:53 pm


The Narnian!

Minha história é realmente triste. Não tive a presença de amor de qualquer que seja o meu parente e tudo que eu posso fazer é ser do mal. Como filho de Adão, eu tive uma vida não tanto aconchegante, mais nunca faltara nada para mim. Meus pais trabalhavam muito e não tinham muito tempo para mim e isso me deixou isolado de várias pessoas o que me torna um pouco anti-social, mais tudo bem. Montado em um cavalo de cor preta, cheguei até as "ruínas" do Castelo de Jadis, a feiticeira branca, e mesmo sendo chamado de "ruínas", o castelo está em ótimo estado só não habitado. Adentro no lugar após prender meu cavalo em um tronco, o grande salão de entrada está como sempre, cheio de estátuas de pedra, todos traidores que Aslam não fez voltar ao normal.

Vou caminhando até chegar ao Salão do Trono da Feiticeira, um lugar belíssimo e parece que tudo é de gelo, mais é engano. O frio era dominante naquele lugar, tremia várias vezes e chegava a abraçar a mim mesmo para tentar me aquecer, era meio que inútil já que o frio não deixava ninguém vencê-lo.

Vou andando lentamente até o trono da mesma, balançava a cabeça negativamente e com expressão de decepção. Antes da guerra eu tinha uma admiração total pela rainha de Nárnia, conseguir deixar Nárnia presa por 100 anos em um inverno insuportável, mais ser derrotada me fez perder toda a admiração que um dia eu já tive por ela. Agora eu admirava a feiticeira vermelha e tornei um seguidor da mesma. Sento no trono da feiticeira e fico me achando o todo poderoso enquanto observava todo o local.


Thanks Little King © CG

Philip Torcan Orteanns
Calormanos
Calormanos

Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Merida Castelli em Seg Jan 20, 2014 12:07 am


Your Sex is on fire

The breaking of the day

Merida ... Angel
Merida era uma menina inteligente, astuta, e muito muito linda. Seus sorriso eram  tão falsos como um rio rosa, a menina era calma e se lembrava muito pouco de sua vida fora dali, sim, ela não recordava muito do que havia ocorrido fora daquele lugar, aquele lugar que ela acabou sendo presa. O que havia ocorrido para ela aparecer ali? Ela não sabia, não recordava, o mundo .. o mundo para ela, era uma briga, uma maldade. Porque ninguém dava-lhe amou? Amor? Para que? Que palavra era aquela, Me, não sabia. Bem, o que ela recordava que era uma filha de Eva, era uma humana qualque não tinha nascido ali. Não mesmo, ela era humana e linda de mais, mais tão poderosa e inteligente, sim, ela era e por de mais. Todos deviam obedece-la, bem, havia a feiticeira branca, e bem, ela não era tão bonita como Merida, assim ela pensava.. mais enfim, tinha mais poder. E poder lhe remetia a controle, e como ela tinha mais poder, a menina acabou por obedece-la. Claro, ela deveria ficar aliada apenas dos fortes, os fortes que decaíssem sobre a terra.  
Os passos da Meri ecoavam no chão, ela pisava forte, decidida. Seu sorriso ficava em seu rosto sempre, mesmo que ninguém estivesse por ai, a vê-la, ela demonstrava o seu sorriso. Um tanto cinico, mais bem, ela era um diabinho que havia roubado uma aurela, sim, olhem so a face dela. Uma rainha já havia decaido, e bem Merida ficava sempre do lado de quem tinha mais poder. O passos diminuem quando ela ve a sala do trono, um trono tão magnifico, que seu sorriso se abriu, tão grande.. mais fechou-se ao ver um cara. Ele era alto, tinha seus 20 quase 30 anos, sim tinha uma meia barba, mais era muito garboso. Merida pisa em direção a ele.
-Tu tens poder ou habilidade suficiente para estar ai?
Pergunto de forma descidida com uma cara bondosa.
{fim}
avatar
Merida Castelli
Filhos de Adão e Eva
Filhos de Adão e Eva

Mensagens : 37
Data de inscrição : 19/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Philip Torcan Orteanns em Seg Jan 20, 2014 12:29 am


The Narnian!

Continuo solitário naquele lugar, tinha certeza de que ninguém iria vir aqui já que a maioria tem medo de que exista um espírito da Feiticeira Branca protegendo o seu lar. Mais eu não tinha medo, vim para Nárnia com cinco anos e treinei desde então para me tornar um dos maiores guerreiros de Nárnia, mesmo não sendo um narniando. Eu vivi tanto aqui que me considero um narniano. Aos poucos vou me sentindo com um tédio supremo e quando já estava para partir, escuto passos...Minhas mãos rapidamente descem até o cabo da espada e olho para a direção de onde os passos vinham, era uma mulher.
Observo atentamente a mulher e de cara já tenho uma palavra que define aquela mulher. "Beleza". Ela vem se aproximando e depois escuto sua voz doce. -Bem, não sei se tenho, mais quis vir para cá e não tem ninguém que possa me impedir.- Respondo a pergunta da mesma com um sorriso cínico no rosto, ela era bem bela mais nunca sou pego por aparências já que um velho ditado é: "Não se julga um livro pela capa." E não julgarei a mesma pela beleza, qual será sua personalidade? Será tão angelical quanto seu rosto? Eram muitas perguntas mais preferi guardá-las para mim.
-E você? Achas que pode vir até aqui? Sabe que existem boatos sobre este castelo e também sobre as criaturas que rondam a área? Tem algo para se proteger?- Pergunto para a mesma, ela não parecia ter alguma arma, só se a arma estivesse escondida e caso algum problema apareça ela rapidamente tirasse a arma e combatesse com qualquer que seja a criatura. Seu rosto não denunciava nada de maléfico nela, me levanto do trono e pude ver que sou bem mais alto que a mesma, me aproximo lentamente e fico a observando. -O que você é? Filha de Eva?- Pergunto interessado.


Thanks Little King © CG

Philip Torcan Orteanns
Calormanos
Calormanos

Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Merida Castelli em Seg Jan 20, 2014 12:43 am


Your Sex is on fire

The breaking of the day
Merida ... Angel
Sua voz era forte, assim como ele. Merida continua sorrindo , o escutando. -Ora bem, já que diz que almeja isso, talvez quem sabe alcance.. se ninguém estiver a cá para ir de encontro a você. Ela termina de proferir, até soo com bastante amabilidade, mas, isso não era bem uma coisa doce, ela se impunha em meio a ele. Os seus olhos astutos percebem a espada dele, ela engole lentamente a saliva que vinha a sua boca, e revira os olhos. -Não estou aqui para lutar, e sei bem os perigos que aqui se encontram. E perigos ... bem, deixa-me vivida.... Ela pega seu cabelo fazendo movimentos, enrolando-os. Os olhos da menina iam do seu rosto boca a espada. Me solta os cabelos e se mexe, ainda bem que ela estava com seu chicote, ela era extremamente forte, e sabia realmente utiliza-lo.
-Espero que compreenda tais fatos, e não me tema...
Ela solta um sorriso e pisa novamente sem tirar seus olhos dos do rapaz.
- Já agora, atendo pelo nome de Merida.
avatar
Merida Castelli
Filhos de Adão e Eva
Filhos de Adão e Eva

Mensagens : 37
Data de inscrição : 19/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Philip Torcan Orteanns em Seg Jan 20, 2014 1:04 am


The Narnian!

Após a mesma parar de proferir, sorrio um pouco, ela enganava e se eu fosse trouxa cairia em sua arapuca. -São belas palavras vindas de uma bela pessoa por fora...Já por dentro eu não sei se posso dizer a mesma coisa.- Falo piscando para ela e voltando ao trono da Feiticeira Branca e sentando. Encaro a garota por um tempo e depois escuto suas belas palavras novamente. Então quer dizer que ela sabia dos perigos e mesmo assim ainda veio para cá? Ela não estava desarmada, minha tentação de chamá-la para uma luta estava me corroendo, mais não queria fazer aquilo naquele lugar, ainda tenho respeito pela Feiticeira Branca mesmo perdendo de Aslam, meu maior inimigo.
-Entendo. Você veio aqui com alguma arma não foi? Não seria tola de vir desarmada sabendo dos Minotauros e de alguns animais falantes que são extremamente selvagens. Vivida né? Vejo que é uma guerreira...Combate para alguém?- Falo e no final faço uma pergunta. Tiro a espada e então com a ponta da lâmina eu coço um pouco minha barba e logo depois guardo novamente, a garota então retira um chicote e pelo jeito que manuseava parecia saber realmente utilizar tal arma. Chicotes são armas poderosas nas mãos do individuo certo, mais se não saber usá-lo, torna-se apenas um brinquedo de criança. -Mostre-me alguns golpes.- Peço relaxando um pouco na cadeira "macia" da feiticeira.
Merida era seu nome...Acho que já tinha ouvido este nome antes. Fico pensativo por um tempo até que lembro, Merida é o nome de uma seguidora da Feiticeira Vermelha, observo atentamente a garota esperando seus movimentos com a arma. -Sou Aáron. Aáron Albert. Prazer.- Falo sorrindo para a mesma e ainda esperando seus movimentos. -Não temerei a você, fui treinado minha vida toda para não temer a ninguém.- Falo respondendo o que a mesma fala quando tira o chicote. -Se você for realmente habilidosa, poderei até achá-la útil.- Falo enquanto mudo minha expressão para observador, retiro novamente a espada e a coloco deitada em minhas pernas, ela era de cor dourada e o cabo tinha o rosto da Feiticeira Vermelha.


Thanks Little King © CG

Philip Torcan Orteanns
Calormanos
Calormanos

Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Merida Castelli em Seg Jan 20, 2014 1:32 am


Your Sex is on fire

The breaking of the day
Merida ... Angel
Ela bem sabia que ele estava atento a todos seus moviementos, assim como ela também estava.- Eu creio que beleza é algo muito particular meu caro... E nunca ando desarmada, nunca a arte da luta.. é gratificante. - Merida sentia como se ele fosse uma cobra prestes a dar o bote e lhe atacar. Bem,e ela realmente não o temia, propôs a ele um pacto de não violência, mais na verdade esperava que ele tendesse a atos maléficos. Ah a maleficiencia das pessoas tirava Merida do sério de tanta felicidade. Bem ao menos ela poderia se amostrar um tanto, a moça levanta lentamente o seu vestido e tira de sua perna o chicote, ela poderia te-lo tirado de form rápida, mais gostava de mostrar suas graciosas pernas. Com muita calma ela mostra-lhe um sorriso e mexe no chicote fazendo ele falar, ou melhor ressoar aquele leve barulho, um barulho que machucava os ouvidos e fazia quem não sentia ele na pele, sentir a dor ao menos no ouvido. Começa de leve com alguns movimentos classicos, como o de pegar algo longe, ou em modo espiral, apenas mostrando-se.
Enquanto ela brincava, ficou atenta aos movimentos do rapaz, ele era arrogante e não deixava de estar com sua espada. Tudo bem, ela não culpava-o, ela não era confiável. Ela sorrir novamente ao escutar palavras tão maléficas sobre sua pessoa. - Bem, eu sempre estou a procura de pessoaas mais fortes, nesse momento, opto por estar ao lado da feiticiera vermelha. - profere sem medo algum de errar ou medo de ele não gostar, ela gostava era isso que importava. Mais bem, olhando mais atentamente para o cabo de sua espada, ela pode ter o vislumbre da feiticeira vermelha.
Então mostrou a ele outro sorriso, e pegou novamente o chicote e começou a brincar com ele, indo e voltando, fazendo espirais, podia ao exemplo pegar a perna de alguém e puxa-lo para cair, ah isso ia ser lindo. Recordo-me novamente do seu nome, Aáron, bem ele realmente era um seguidor vermelho, não posso negar que me senti mais avontade. - E tu por a caso ia me achar inutil? - ela profere soando o chicote fortemente no chão e lança-o ate ele, como se fosse puxar sua espada..
{fim}
avatar
Merida Castelli
Filhos de Adão e Eva
Filhos de Adão e Eva

Mensagens : 37
Data de inscrição : 19/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Philip Torcan Orteanns em Seg Jan 20, 2014 2:02 am


Aáron Albert
Continuo atento a seus movimentos enquanto a mesma falava. Ela falava sobre a beleza e é sobre beleza que eu gosto. Mais decido esquecer e voltar a atenção para os movimentos da garota, ela então levanta lentamente seu vestido e pude ver suas lindas pernas e retira lentamente o chicote, ela estava me tentando e eu não cairia. Graciosamente ela mostra os movimentos com sua arma, é realmente habilidosa e fiquei mais atento, o som que o chicote fazia ao ser balançado era pouco suportável, continuei sentado e coloquei o cotovelo do braço direito sobre minha coxa e o punho fechado segurando meu rosto enquanto continuava a observar a mesma com movimentos clássicos ela me surpreende um pouco, consegue pegar um objeto que está a longa distância. Ou também em forma espiral, é uma boa tática de defesa quando se está em luta próxima. Certamente ela não é inútil. -A procura de pessoas fortes é? Vejo que deseja sempre evoluir.- Falo para a mesma quando ela responde a minha pergunta. -Feiticeira Vermelha não é? Também sou seu seguidor, mais não por admirá-la e sim por que não tem muitas pessoas más em Nárnia.- Sorrio com uma expressão maléfica. -Se eu a julgasse inútil, falaria na sua cara que você é inútil. Mais como não a julguei inútil...Você pode ser bastante útil, minha cara.- Falo olhando em seus olhos. O chicote vem vindo em minha direção e estendo o braço colocando em frente a minha espada e o deixando horizontalmente, o chicote se choca em meu braço e pude ver que dói bastante, enrolo o chicote em meu braço e fecho a palma da mão segurando-o. -Na minha espada ninguém toca.- Falo a olhando e me levantando. Me aproximo da mesma.
Thanks to Mrs. Harrison@TPO ♥ To Lollipop!

Philip Torcan Orteanns
Calormanos
Calormanos

Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Merida Castelli em Seg Jan 20, 2014 2:19 am


Your Sex is on fire

The breaking of the day
Merida ... Angel
Ele era tão bonitinho, que ela realmente por vezes deixava passar os movimentos que ele proferia. Por vezes é claro, porque atrás de beleza sempre, sempre vem problemas, ao menos pelos seus olhos podia ver alguma maldade e isso era reconfortante. Quando ele profere que também seguia a feiticieira ela da um meio sorriso, claro que eu sabia disso, eu nunca pisava em falso em minhas decisões ou escolhas, se ali estava, mesmo com todos os perigos tinha um motivo. É claro que ela não revelaria a ele, bem, por vezes lembrava-se daquele castelo onde ela havia se recriado, onde havia me tornado quem sou. Era estranho pensar em mim mesma, eu me recordava tão pouco em minha família, e como eu havia parado ali? Se bem que não eram boas as memórias que ela tinha deles, mais ou menos era uma casa, um carinho.Sua mente sorrir, eu nunca fui amada, não era dada a tais besteiras da vida. O mundo precisava de mais, mais coisas interessantes, mais disputas e não amor, amor era realmente para os fracos.
Quando ele profere sobre juntar-se a mais fortes, Merida abri um sorriso vasto.
- Sempre meu caro, sempre estou indo em direção ao progresso!
Já agora sua expressão para a menina era diferente, possuía um tipo de pacto entre os dois, apenas com os olhares e poucas palavras inundadas de ironia, eles se comunicavam bem, pessoas más eram magníficas, se compreendia. Pensou Merida que por fim proferiu.
- Pois bem, estou com ela pela mesma forma que estar com ela, há mais uns recursos. E sobre a inutilidade eu posso ver que tem uma ótima visão, pois percebeu que sou bastante útil, e utilidades juntas são muito melhores..
Ela profere em meio a seu sorrisinho, ele não era inutil, ela podia ver que ele parecia ter uma habilidade com a espada, ela joga seu chicote até ele, calmamente esperando que ele seligasse .. e ela conseguiu ele o segura e o puxa .. levanta-se e vai até ela.
Merida olha para ele e morde os lábios, ora bem, ele era alto.
- Vai me dizer que ficou chateadinho?
Ela rir.



avatar
Merida Castelli
Filhos de Adão e Eva
Filhos de Adão e Eva

Mensagens : 37
Data de inscrição : 19/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Philip Torcan Orteanns em Seg Jan 20, 2014 2:38 am


Aáron Albert
A marca no meu braço estava grossa, o chicote é realmente poderoso e vendo aquela marca feita apenas por um movimento de "brincadeira" pude ver que se fosse em uma luta, meu braço sangraria. Olho para a mesma e escuto suas palavras. -Devo concordar com você, és realmente útil e quando se junta duas coisas úteis algo inimaginável se torna.- Tusso um pouco e solto o chicote da garota, sou realmente bem mais alto que ela. -Não fiquei chateado, só não gosto quando querem mexer em minha espada. Tenho ela há 15 anos e ninguém nunca tocou nela além de mim e quem tentou morreu.- Falo a olhando friamente, era algo pessoal mais não gosto de quem mexe com minhas coisas. Ergo a espada com a lâmina para cima e o brilho da lâmina ilumina ao redor, minha espada é muito bela e é por isso que eu sou tão ciumento com a mesma. -Pode ver? Uma espada é a melhor arma que alguém pode ter. Com apenas um golpe eu posso matar alguém e além de tudo posso me defender também.- Falo olhando para a mesma. -Agora desvie-se.- Falo colocando a lâmina em posição horizontal e desferindo um golpe que poderá cortar o pescoço da garota se a mesma não fizer nada.
Thanks to Mrs. Harrison@TPO ♥ To Lollipop!

Philip Torcan Orteanns
Calormanos
Calormanos

Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Merida Castelli em Seg Jan 20, 2014 3:04 am


Your Sex is on fire

The breaking of the day
Merida ... Angel
Os olhos rápidos de Merida percebe o machucado que ele havia ganhado graças ao seu chicote. A garota quase abriu um sorriso, mais ela era extremamente profissional para isso, gostava realmente de ter aliados, e aliados fortes, porque de idiotas o mundo estava cheio, e em Narnia aquilo triplicava. A garota abre um sorriso ao escuta-lo. – É bom saber que é um homem de visão e que compreende as coisas! – ela fecha seu sorriso e o fita sorrir, Merida adorava olhar as pessoas nos olhos e se atraia quando aquele olhar dizia.. Odio. Ele tosse e solta o seu chicote. A menina balança a cabeça e com um sorriso proferir. – Não se preocupe, estava apenas deixando as coisas mais interessantes, é uma bela espada assumo, mais não faz o que meu amado chicote faz, ela é uma arma poderosa e cheia de funções.. . .
– Ela o fita nos olhos percebendo a frieza contida, mais ela não possuía medo de ninguém, muito menos dos friso que possuíam mais beleza, ao ver da menina. - Acredito nas funções dela, mais o chicote é interssante para mim. – ela novamente defende sua arma e o vê mandando se defender, rapidamente ele faz um golpe, um golpe com que aquela lâmina poderia tirar-lhe o pescoço, a menina se esquiva, quase escalando, tocando realmente no chão e se esquiva indo para direita, rolando no chão. – poderia parecer de mais, mais ela gostava de ação – e aparece atrás dele, agachada ela lança seu chicote em seu pé, predendo-o e o puxa.

avatar
Merida Castelli
Filhos de Adão e Eva
Filhos de Adão e Eva

Mensagens : 37
Data de inscrição : 19/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Philip Torcan Orteanns em Seg Jan 20, 2014 3:20 am


Aáron Albert
O movimento de defesa dela não me surpreendeu, diversas pessoas já usara aquele tipo de movimento em batalhas contra mim, pude saber que ela iria aparecer atrás de mim antes mesmo dela fazer isso e quando sinto o chicote prendendo minha perna esquerda, com a direita eu piso numa parte do chicote e o puxão da garota fora inútil. -Você é ágil. Mais não tem muita força.- Falo ainda frio e agora mais sério. -Bem...Chicotes são muito úteis e extremamente perigosos por serem armas de curta ou longa distância, mais nunca terá a eficáz habilidade de matar como uma espada.- Falo ainda a olhando e puxo o chicote aproximando a garota de mim. -Sabe, você parece ser uma garota do mal, mais sua cara é tão angelical que eu tenho minhas dúvidas.- Dou uma risada abafada. Solto o chicote da mesma após tirá-lo de meu pé esquerdo e volto até "meu" trono. Sento lá e me sinto novamente relaxado. O conforto daquele trono era imenso e bem melhor do que movimentos bruscos com os quais eu tinha feito, a mostraria como usar uma espada mais estou enferrujado já que não batalho faz uns três anos. A porta do Castelo estava aberta e uma fria ventania entrara no lugar e por eu ser um dos mais antigos Seguidores Vermelhos, aprendi um pouco de magia. Mentira, todos recebem a bênção da magia. Pego várias madeiras que tinha no salão e as coloco próximas de mim e da garota, aponto para lá e uma pequena chama começa a crescer na madeira rapidamente se expandindo e nos esquentando. -Sabia disso? A feiticeira faz questão que todos os seus seguidores tenham um pouco do uso da magia. É uma coisa que a querida Jadis nunca poderia fazer, só nossa "amável" Lillian.- Explico para a mesma, acho que ela não era uma seguidora a muito tempo, atualmente os seguidores vem um pouco mais velhos do que antigamente.
Thanks to Mrs. Harrison@TPO ♥ To Lollipop!

Philip Torcan Orteanns
Calormanos
Calormanos

Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Merida Castelli em Seg Jan 20, 2014 3:36 am


Your Sex is on fire

The breaking of the day
Merida ... Angel
Tudo estava indo realmente bem até que ele pisa em seu chicote. Merida é puxada até ele, muito próximo, ela revira os olhos indgnados, ela detestava perder e ainda mais ouvir algo sobre como ela havia perdido, ou algum jeito ou maneira de faze-lo certo. A menina era teimosa e gostava de aprender sozinha, não que isso fosse ruim, ou não que ela não aprendesse com os outros, quem sabe se se esforçar. Ele olha nos meus olhos, com seus belos olhos frios e me diz que não tenho força. - Eu estava apenas começando! – ela rebate de modo calmo e ele continua a fita-la. – Tu realmente amas espadas, elas são mais ágeis em morte! . – Merida admite e sorrir ao escutar tais palavras ele havia memso tocado no assunto de sua beleza. – Ora bem, eu sou um demônio que roubou a areula de um anjo qualquer. E nunca duvide de minha maldade, ela é exata e maléfica .. no ponto certo. – ela fala por entre dentes, não muito bem pelo o que ele tinha lhe dito. Ela era má e pronto, e todos que compreendessem isso.
Ele rir e solta o seu chicote, ela demonstra uma cara fechada mais conta até dez e abre seu sorriso cínico novamente e volta a lhe escutar, sobre isso de dons com magia ela não havia sido informada, ela acaba por fita-lo calmamente tentando aprender,ou ver como ele tinha feito aquilo. Realmente era fogo. – Eu não sabia sobre isso, como faço?- ela pergunta logo.


avatar
Merida Castelli
Filhos de Adão e Eva
Filhos de Adão e Eva

Mensagens : 37
Data de inscrição : 19/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Philip Torcan Orteanns em Seg Jan 20, 2014 4:00 am


Aáron Albert
Percebo que a raiva já consumira ela ao ponto que ela fala calmamente uma exclamação. Sei que fui um pouco arrogante ao mostrar ser mais experiente que ela, mais tem de entender que as coisas nem sempre são como quer. Era uma garota mimada mais também muito má o que a tornava uma verdadeira vermelha. -Não se acanhe, você ainda vai evoluir e com toda certeza será mais forte que eu.- Falo rindo sem a menor graça. Percebo que a mesma olha para minha espada e começa a falar sobre ela, ao término rapidamente falo. -Eu sei. Sempre soube e sempre saberei.- Agora ria com um pouco mais de graça, era tão bom quando elogiavam as espadas, essa arma poderosa que eu tanto amo. Tusso novamente e então retiro uma garrafa de água que estava pendurada em meu cinto, destampo e jogo o líquido todo na boca e ao término, deixo um sussurro "Aaah" sair da minha boca. -Um demônio né?- Falo ao ouvir as palavras da garota. -Bem, um demônio é bem interessante, já que não ligam para as pessoas e só para si mesmo, você é assim ou é apenas uma espécie mal feita de um demônio que é apenas mal mais ainda tem poucos sentimentos?- Pergunto para a mesma. As palavras da garota pareciam ter uma coragem que me fez acreditar. Ela realmente é o que diz ser. -Não duvido. Você já provou isso quando eu a julguei útil.- Pisco para ela e volto a olhar para a fogueira. Ela então prestara atenção a cada movimento meu quando acendi a fogueira, sorri para ela e então comecei a explicar. -Bem, é simples...Concentre um pouco de sua energia vital na ponta do dedo e pense no que você quer fazer e o que quiser irá acontecer. Mais tem um limite, seu poder vital vai diminuindo a cada vez mais que você usar a magia...Já usei várias vezes e fico mais fraco a cada vez que uso.- Explico para a mesma sem deixar nada faltar, não quero que aconteça a ela o que aconteceu comigo, como descobrir sozinho e gastar várias vezes em coisas inúteis.
Thanks to Mrs. Harrison@TPO ♥ To Lollipop!

Philip Torcan Orteanns
Calormanos
Calormanos

Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Merida Castelli em Seg Jan 20, 2014 2:22 pm


Your Sex is on fire

The breaking of the day
Merida ... Angel
Ela da um sorriso de sua fala, ela estava so no começo. Era muito nova, tinha apenas 19 primaveras, enquanto ele deveria ter muito mais que isso, não que parecesse um velho, mais por ter um porte mais elevado. O sorriso já estava de volta ao sorriso da garota. - Ora bem, não tenho duvidas. - ela não o responde, enquanto ele se vangloriava por saber sobre a magia que habitava em nós. Eu ainda estava calada quando ele começa a proferir coisas sobre minha maldade. Sim, querido, ela pensa, Merida era totalemente má, talvez por nunca ter conhecido o amor. -Sentimentos são armadilhas, meu caro.- ela diz sem ao menos picar os olhos mostrando que não importava com isso, sentimentos, piedade, isso não existia em Merida.
.
- Vou tentar.. - ela fita as madeiras e se posiciona calmamente lembrando o que ele falou sobre ele acabar ao inves de evoluir. Ela fecha os olhos buscando sua aura, seu sistem vital e pensa em fogo, e lentamente pode-se ver um fogo surgir ali em meio a tudo. Ela abre o olho esperando ver o que havia ocorrido, e realmente havia conseguido. Merida abre um meio sorriso e profere. - Acho que tive exito.

avatar
Merida Castelli
Filhos de Adão e Eva
Filhos de Adão e Eva

Mensagens : 37
Data de inscrição : 19/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Philip Torcan Orteanns em Ter Jan 21, 2014 3:03 am


Aáron Albert
Uma estátua estava próxima de mim, pego a espada e com um movimento rápido que não poderia ser visto a olhos mal treinados, corto a cabeça da estátua e logo finco a mesma no estômago. Volto a olhar para Merida. -É, não tenha dúvidas mesmo. Mais ainda falta muito para poder chegar aos meus pés.- Falo piscando para a mesma. Ela então fala sobre sentimentos e dá sua opinião sobre isso. Sentimentos são armadilhas? Era isso o que ela pensava sobre o que as pessoas sentem. -Nem sempre. Você pode encontrar alguém como você, algo que lhe resta para completar sua fase. Alguém que lhe ajude.- Falo bocejando e voltando ao trono. -Eu já pensei como você, na minha juventude. Nunca queria saber de sentimentos e só do meu treinamento para se tornar o mais forte. Mais um dia eu pude ver o que é o sentimento e mesmo eu sendo muito mal, não pude deixar de admirar um pouco as pessoas que conseguem sentir.- Sorrio. Ela então vai tentar pela primeira vez, está motivada. Percebo sua motivação desde a hora que eu estava explicando e sua extrema atenção sobre mim, ela se concentra bastante antes de tentar e quando tenta foi com êxito. -Meus parabéns. É bem mais útil do que eu pensava no início.- Bato palmas como se fosse parabenizando. Você pode não só lançar fogo, mais também como os outros elementos naturais, tais como a água.- Digo me concentrando e lançando um pouco de energia até a palma da mão apagando o fogo que a mesma tinha acendido. -Ou o ar.- Digo lançando um pouco de ar no fogo que eu tinha aceso antes da garota e aumentando sua potência. -Ou a terra.- Dessa vez faço uma lasca de uma pedra grande vir ao meu encontro. -É por isso que é muito útil ser um seguidor vermelho.- Digo sorrindo.
Thanks to Mrs. Harrison@TPO ♥ To Lollipop!

Philip Torcan Orteanns
Calormanos
Calormanos

Mensagens : 28
Data de inscrição : 19/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Merida Castelli em Ter Jan 21, 2014 3:31 am


Your Sex is on fire

The breaking of the day

Merida ... Angel
Ela da um sorriso ao vê-lo parabeniza-la, sim ela era de mias. Como poderiam dizer que Merida era um simples ser.. ela era o ser, melhor dizendo. Ela lhe da um meio sorriso e morde os lábios o fitando. Não profere nada apenas continua ali, parada vendo ele se amostrar, ou tentar ensina-la algo. Porém ela não estava tão afim de aprender, isso seria interessante, sabia ela, mais outras coisas poderiam ser também. Por fim ela profere.
-Com o tempo conseguimos adiquirir mais força, não é? Eu percebo isso bem, eu sou nova mais ainda sim astuta para minha idade...  
Merida pisa de um lado a outro pensando, se concentrando. Ela estava no caminho certo, ela sabia. - Como eu disse estou no caminho mais proveitoso. - Merida da um risada e se aproxima dele .. e pisca o olho esquerdo. - Agora eu tenho que ir meu caro, foi bom e muito obrigada por me dar tais dicas... sou muito grata, mesmo detestando sentimentos, eu sei reconhecer um aliado..
Ela rir e anda de costas, Merida não gostava de dar as costas para pessoas, mais quando esta perto da porta sai madando-lhe beijos.

{FIM - ENCERRADO }
avatar
Merida Castelli
Filhos de Adão e Eva
Filhos de Adão e Eva

Mensagens : 37
Data de inscrição : 19/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala do Trono da Feiticeira

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum