A Mesa de Pedra

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A Mesa de Pedra

Mensagem por Aslan em Sab Jan 18, 2014 4:22 pm

Mesa de Pedra

A Mesa de Pedra foi o lugar onde Aslam foi sacrificado no lugar de Edmundo é também o lugar onde Os irmãos Pevensie encontra o exército de Aslam quando guiados pelos castores.


Thanks Nanda from TPO

avatar
Aslan
Animais Falantes
Animais Falantes

Mensagens : 138
Data de inscrição : 17/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
1000/1000  (1000/1000)

Ver perfil do usuário http://rpgnarnia.forumeiro.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Victor L. Hilliard em Qui Jan 23, 2014 6:44 am




Victor, The Warrior
A força de um guerreiro vem de sua espada.


A tarde estava ótima em Telmar, eu estava tendo os pesadelos com a visão de meus pais mortos com menos frequência e aquilo era um ânimo para mim, um motivo para eu viver já que não tinha de ter toda vez que fechava os olhos aquelas imagens de meus pais com os corpos cheios de sangue das duas pessoas que eu mais amei na minha vida, nas duas únicas pessoas que eu tinha para amar. Desde aquele dia eu me isolei de tudo e todos apenas liberando um pouco do meu humor em meus treinamentos, gastava meu ódio nos bonecos de pano, nas árvores em qualquer coisa que minha espada pudesse cortar e ela corta muito facilmente. Caminhava lentamente e um tanto feliz já que na noite passada eu não tive aqueles pesadelos horripilantes que me fazem acordar no meio da noite com um grito de medo. A pressão era tão grande na minha mente, se eu não resistisse poderia ser como nos primeiros meses depois da morte de meus pais e daquele indivíduo que matei, alucinações horríveis que me fazem ficar com ódio de tudo ao redor, que me faz me encolher no canto escuro com as mãos tapando os ouvidos, que me faz gritar para o nada e dar socos no vento em vão parecendo um retardado mental que não sabe o que fazer, mas eu ainda consegui honrar o nome de meu pai me tornando da cavalaria de Telmar, ainda não sou o General, mais chegarei lá. Suspiro e continuo a caminhar em meio a toda Telmar, o céu estava límpido e o cheiro de mercadorias alimentícias era predominante ali, o mercado estava próximo.

Os passos lentos se tornaram um tanto mais rápidos após eu sair de Telmar meu pégaso já estava na entrada me esperando. Um lindo pégaso xadrez. Seu corpo é todo preto e suas asas são brancas como as nuvens. Corro em sua direção e monto em seu dorso, ele falava o que fazia a viagem aérea ser bem mais emocionante, com ele. -Sabe Pneumotroscopionogologista, podíamos passar na Mesa de Pedra...Quero um lugar sozinho hoje.- Pneumotroscopionogologista olha para mim e assente com a cabeça. -Claro chefe, chegaremos lá em poucos minutos.- Ele fala e aumenta a velocidade ao inclinar suas asas para trás, a brisa batia em meus cabelos e os faziam ficar um pouco mais bagunçados, fecho meus olhos e fico apenas inalando o ar da brisa que vinha mais forte enquanto dava um sorriso, sorrir era uma das soluções para não enlouquecer. Poucos minutos se passaram e eu já avistava a Mesa de Pedra, foi como Pneumotroscopionogologista falara, em minutos chegaríamos o que indica que ele está bem mais rápido. Sair de Telmar e chegar em Nárnia, na Mesa de Pedra em minutos é como bater um recorde. -Você me deixa orgulhoso sempre, pode ir pastar por ai e qualquer coisa é só eu assobiar.- Suspiro e sorrio. -Claro chefe!- Ele fala batendo asas e desaparecendo na floresta onde ele procuraria algo de interessante para se fazer. Vou andando lentamente até a ponta da Mesa e fico olhando para o horizonte e de costas para a entrada.
Créditos à The Machine

_________________



Victor L. Hilliard

Telmarino ° Lindjo ° Espada Estranha ° Doido @.@ ° Super Kawaii *-* ° Filho de meu pai
avatar
Victor L. Hilliard
Telmarinos
Telmarinos

Mensagens : 33
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Convidado em Qui Jan 23, 2014 7:49 pm

not know what to do.
just don't know what to do with myself
I don't know what to do with myself.Planning everything for two,doing everything with you and now that we're through
I just don't know what to do


Estava caminhando quando se deparou com um moço na mesa de pedra. Aquele local não era tão movimentado o que a deixava um pouco curiosa sobre o que ele estaria fazendo lá.
Desde a morte de seus pais Samantha ficava por vezes quieta, calada e pensativa. Aquele dia em especial não era um desses, era somente mais um dia tranquilo. Ela não se aproximava dele. Não esperava alguém lá e o mesmo parecia apreciar a paisagem. Não queria destruir o momento dele.
Ela vestia um vestido azul claro de malha e... Aquele silêncio e só eles dois ali. Não sabia se devia mas tinha ficado momentaneamente impaciente. Por mais que não quisesse atrapalharia ele.
Apesar de muitas vezes não aparentar ela era completamente tímida o que fazia com que ela se aproximasse sem jeito.
- Você é de onde? É de Nárnia?
Ela sentia o coração bater mais forte com medo de ser repreendida e pelo simples fato dela estar ali puxando assunto com um desconhecido. Ele não poderia ser seu vizinho, não se lembrava de suas feições. Ele tinha um bom porte físico e até não era feio.


tags: #me #someoneø song:I just don't know what to do with myself - The White Stripesø wearing: this

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Anastasia Ivanov em Qui Jan 23, 2014 8:08 pm




Hear Me Roar



Dessa vez estava longe de Jacques. Por algum motivo, apenas ela tinha ido para Nárnia. Caminhava, ainda meio perdida, afinal seu irmão era praticamente seu GPS em pessoa. Vestia uma calça jeans preta, regata preta e coturnos vermelhos naquele dia, quando fora pega de surpresa na escola com a passagem para Nárnia. Não recusou, aquela viagem era sempre bem vinda. Quando viu, estava perto da Mesa de Pedra, onde viu uma garota claramente Terrena e um rapaz que não parecia. Chegou por trás e puxou-a pelo braço.
- Você é louca? - sussurrou. - Ele pode ser algum assassino ou seguidor de feiticeiro.


thanks,

bluue @ cg



Anastasia Ivanov

Mensagens : 5
Data de inscrição : 22/01/2014
Localização : São Petesburgo, Rússia

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Victor L. Hilliard em Qui Jan 23, 2014 8:49 pm




Victor, The Warrior
A força de um guerreiro vem de sua espada.


O sol já brilhava um pouco mais alaranjado, estava saindo da tarde para entrar no início do finalzinho da tarde, onde tudo está bem melhor já que o calor ia diminuindo. O lugar era muito amplo e iluminado, pelo menos nesta hora, me sentia livre naquele local. Era bem limpo, acho que os narnianos respeitam este lugar já que foi nele que Aslam morrera e logo depois ressuscitara indo a caminho de onde estava a guerra e salvando o mundo juntamente a Pedro, o Grande Rei de Nárnia. Estar sozinho é ótimo e sentir a brisa em meu rosto é bem melhor, adoro lugares amplos e que sejam solitários o que é muito raro achar, já que em geral lugares assim são bem movimentados. O clima estava ótimo...Nem estava muito frio e nem muito quente o que me fazia sorrir abertamente às vezes, respirava com pouca frequência e algumas vezes dava aquelas respiradas demoradas que fazem o peito se encher de ar. Estico meus braços para cima me espreguiçando, fico assim até eu escutar o estalo de meus ossos o que me faz sorrir. Estava ainda admirando o horizonte quando escuto uma voz, viro meu corpo já segurando o cabo de minha espada quando vejo apenas uma mulher, mas não poderia deixar a guarda baixa. -Sim, sou de Nárnia. Mais não Narniano e sim Telmarino.-A respondo me levantando e indo até sua direção, ela vestia um vestido azul que eu julgava se de malha, me aproximava lentamente da mesma, tinha lindos cabelos meio lisos e meio ondulados de cor castanho e seus olhos são verde-mar. Sorrio.

Ela era magra mais não deixava de ser bastante atraente, a examino por um tempo. -Me chamo Victor. E a srta?- Pergunto a olhando e sorrindo. O céu estava límpido e o sol mudando da cor amarela para laranja, estava chegando o pôr do sol. Estávamos sozinhos até eu ver a aproximação de alguém, ainda segurava a espada e quando a mesma chega perto da garota e a segura pelo braço a puxando. -Eu a ouvi...Não sou Seguidor da Vermelha...Pelo contrário, irei ao lado de Aslam.- Pisco para a mesma enquanto sorria. Eu gostava de sorrir. Eu trajava uma camisa de manga curta e um calção, não estava bem apropriado para me apresentar a duas damas, mas não sabia que encontraria ninguém ali. -Desculpem, não sabia que encontraria ninguém aqui.- Olho novamente para o horizonte, o pôr do sol era uma das coisas mais belas que existe na terra. -Olhem, não é lin...-E antes de falar a palavra algo acontece...Vejo duas pessoas em um brilho que estava a tremeluzir, era a imagem de meus pais...Uma lágrima caiu de cada um dos meus olhos, fiquei observando aquela luz e parecia que não existia mais nada, apenas aquela direção...o pôr do sol, meus pais...Tudo fazia sentido...Eles adoravam o pôr do sol. Estava ignorando tudo ao redor incluindo as garotas.
Créditos à The Machine

_________________



Victor L. Hilliard

Telmarino ° Lindjo ° Espada Estranha ° Doido @.@ ° Super Kawaii *-* ° Filho de meu pai
avatar
Victor L. Hilliard
Telmarinos
Telmarinos

Mensagens : 33
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Convidado em Qui Jan 23, 2014 9:11 pm

not know what to do.
just don't know what to do with myself.I don't know what to do with myself.Planning everything for two,doing everything with you and now that we're through.I just don't know what to do

O cair do sol vinha e a temperatura abaixava. Assim que eu me aproximava ele segurava uma espada. Não tinha notado aquilo. Pelo visto não era bom mexer muito com ele. Apesar dele não fazer nada com a mesma dou um passo para trás e o olho receosa.
”Telmarino... Estava certa então. Ele vinha em minha direção e o que mais me atraia na verdade era a espada dele. Ele deveria ser um cavaleiro ou qualquer coisa do gênero. Queria poder mexer nela mas não teria menor intimidade para pedir isso a ele.
Ele sorria para mim e eu abria um meio sorriso.
- Prazer Victor, Samantha. – Agora não estava nem um pouco tímida e olhava diretamente em seus olhos.
De repente uma menina que não conhecia me puxava pelo braço me alertando do que ele poderia ser. Ela usava roupas que deixavam transparecer que ela tinha atitude em tudo que fazia e isso explicaria ela me alertar daquele jeito. Intimamente tinha gostado dela.
Antes que pudesse falar qualquer coisa Victor falava. Ele usava uma espada então não negaria nada do que ele fosse dizer. Samantha olhava para a menina e falava:
- Então, qual o seu nome?
Ela sorria para a menina e de repente ele falava qualquer coisa. Antes de completar a frase lagrimas rolavam o seu rosto. Observava a cena dele. Então era capaz de mostrar fraqueza no meio de duas mulheres... Ela ia até ele e passava as mãos em suas costas.
- Tudo bem? Sei que é muito emocionante encontrar duas garotas tão bonitas que nem nós somos, mas... Não precisa demonstrar todo esse afeto.
Ela brincava com ele esperando que ele fosse levar o mesmo na brincadeira.

tags: #me #someoneø song:I just don't know what to do with myself - The White Stripesø wearing: this

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Anastasia Ivanov em Qui Jan 23, 2014 9:23 pm




Hear Me Roar



O garoto se aproximou de ambas segurando uma espada, logo apresentando-se como Victor. A garota respondeu seu nome, deixando Tasia temerosa. Ele tinha uma espada e claramente não estava bem, visto que agora ele chorava. Uma brisa leve começou, deixando a pele de Anastasia arrepiada. Ele fala que escutou o que dissera.
- Não dá pra confiar em qualquer um aqui. - responde rispidamente.
Samantha faz uma brincadeira a repeito das lágrimas do rapaz, o que faz Anastasia puxá-la mais pra perto.
- Ele tem uma espada, garota. Tenha cuidado, se você for atacada eu vou ter que te defender. - sussurra. - Aliás, muito prazer Samantha, meu nome é Anastasia.
Fica posicionada de lado, como se tentasse proteger Samantha de um perigo inexistente, mas precaução nunca é demais.


thanks,

bluue @ cg



Anastasia Ivanov

Mensagens : 5
Data de inscrição : 22/01/2014
Localização : São Petesburgo, Rússia

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Victor L. Hilliard em Qui Jan 23, 2014 10:39 pm




Victor, The Warrior
A força de um guerreiro vem de sua espada.


A medida que me aproximo dela e ela de mim minha espada fica mais a vista e ela finalmente pode vê-la dando um passo para trás o que me faz sorrir. Ela mantinha o olhar na espada, acho que estava preocupada de eu ser um maluco que corta os vinte dedos de um indivíduo que eu nem conheço e depois seus quatro membros para por fim enfiar a espada com a lâmina vermelha de tanto sangue que a deixo...Na verdade sou isso mesmo, mas só quando estou com vontade de matar alguém o que não é estar na minha lista de afazeres desta tarde. Ela abre um meio sorriso antes de me dizer seu nome, Samantha. Uma brisa passa por nós quando ela se apresenta e aquela brisa como eu sempre falo, é ótima. A garota que chegara não parecer ser igual a outra, seu olhar era confiante o que me intrigou um pouco, não eram telmarinas...Não tinham jeito de calormanas e com toda a certeza elas não eram arquelândesas...Narnianas também não muito menos animais falantes. Só restara uma única opção...Filhas de Eva. Só podiam ser. -Vocês são filhas de Eva, não são?- Pergunto para as garotas que ali estavam, pareciam um pouco mais novas que eu, mas não lá essas coisas...A que chegara depois parecia a mais nova. Suspiro.

Estava de costas ignorando as duas voando em meus pensamentos sobre o meu passado, lembrando da época que meu pai me treinava e nos divertiamos bastante treinando e tudo isso para e lembro da visão dos dois mortos...Estava com o ódio voltando e só com um toque eu volto ao normal e me viro limpando as lágrimas e até soltando um sorriso quando a mesma fala. -Desculpe-me...Vi uma coisa que...Me emocionara um pouco. Estou sendo deselegante, mil desculpas.- Pensava em meus pais ainda e de lembrar desta visão dos dois mortos eu já apertava o cabo da espada com força, ou eu largaria aquela espada ou mataria as duas garotas naquela mesma hora. Finco a espada no chão e sento na Mesa de Pedra novamente. -Anastasia né? Eu posso ouvi-la, treinei meus sentidos durante anos. Não se preocupem, não há razão alguma para eu matá-las a menos que me deem uma razão. Não seja tão confiante, garota.- Falo esta última frase olhando diretamente para Anastasia, a mais nova. Dou uma risada ao ficar pensando sobre o que a mesma falar: "...Ou vou ter de te defender." Aquela frase era realmente engraçada. Me levanto da Mesa de Pedra e vou até o encontro das duas, Samantha era a maior e a pobre Anastasia, um tanto baixinha. Dou uma risada abafada. -Tudo bem com vocês, queridas?- Pergunto transformando a risada abafada em um simples sorriso.
Créditos à The Machine

_________________



Victor L. Hilliard

Telmarino ° Lindjo ° Espada Estranha ° Doido @.@ ° Super Kawaii *-* ° Filho de meu pai
avatar
Victor L. Hilliard
Telmarinos
Telmarinos

Mensagens : 33
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Convidado em Qui Jan 23, 2014 11:09 pm

not know what to do.
just don't know what to do with myself.I don't know what to do with myself.Planning everything for two,doing everything with you and now that we're through.I just don't know what to do

O desconhecido por vezes é mais interessante. Ele perguntava se éramos filhas de Eva e não tinha como eu responder pela menina. Ignorei a pergunta dele, acho que o silêncio responderia ou a menina.
Pelo visto ela não se dava muito bem com ele, vá saber o motivo. O coração das mulheres é sempre um mistério e ao invés de tentar descobrir o porquê ou como é mais fácil simplesmente agir e visualizar.
Ele pedia desculpas e fincava a espada no chão. Daquele modo parecia derrotado. Ela sussurrava que teria que me defender e eu sorria para ela como se aprovasse sua ideia. O nome dela era Anastasia. E ela era extremamente preocupada comigo.
Olhava para ela, comentando.
- Bonito nome.  E, fica tranquila.
Como cão e gato estava mais uma vez Victor provocando Anastasia e eu no meio daquilo tudo. Olhava a espada mais uma vez.  Pegava ela e ficava observando a lâmina da mesma. Falava baixinho ignorando onde ele estivesse
- Tudo ótimo senhor...

tags: #me #someoneø song:I just don't know what to do with myself - The White Stripesø wearing: this

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Anastasia Ivanov em Qui Jan 23, 2014 11:22 pm




Hear Me Roar



Revira os olhos com a fala do rapaz e sente o coração arder de raiva.
- Se tem ouvidos bons, escuta isso: eu não confio em você, por mais que largue sua espada. - afasta-se de ambos, indo em direção da Mesa de Pedra. Escuta a pergunta do rapaz.
- Filha de Eva, ela eu não sei. - encara o horizonte, que agora estava totalmente negro, apenas com algumas estrelas.
Ele pergunta se elas estavam bem e Anastasia ignora e pergunta dele, preferia não responder a mais nada. Ao virar-se para ver como Samantha estava, ela pegava a espada dele. Corre até ela e fica entre a garota e Victor.
- Não se pega a espada dos outros, Samantha. O você pensa que está fazendo? - pergunta, preocupada.
Por fim, suspira e dá de ombros.
- Vire-se. - e começa a se afastar, calmamente, receosa com o que pudesse acontecer com a garota.


thanks,

bluue @ cg



Anastasia Ivanov

Mensagens : 5
Data de inscrição : 22/01/2014
Localização : São Petesburgo, Rússia

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Victor L. Hilliard em Qui Jan 23, 2014 11:47 pm




Victor, The Warrior
A força de um guerreiro vem de sua espada.


Samantha ignora a minha pergunta sobre o que as mesmas são, acho que ela era uma filha de Adão e Eva, mas como eu perguntei o que as duas são, ela não poderia responder pela garota que acabara de conhecer. Não entendia o motivo daquela garota baixinha ser assim, por que não fora com minha cara? Eu nem a conhecia e era um respeitável soldado de Telmar...Ela deve ter sérios probleminhas, sério probleminhas em e deve se tratar. -Samantha e Anastasia...São dois belos nomes, mas apenas uma tá se mostrando bela.- Sorri olhando para Samantha, ela parecia ser gentil e Anastasia parecia ser arrogante e meio que convencida. Esqueço o que falei anteriormente no momento em que Samantha ousa pegar a minha espada, minha expressão ficara de sorridente para de raiva, ninguém pegava na espada dos outros e muito menos de um cavaleiro, a garota...Anastasia sabia o que fazia e ficara entre mim e Samantha. -Você sabe o que fala mais não adianta nada, ela já pegou minha espada. Com o braço direito em simplesmente encosto na testa de Anastasia e a coloco para o lado dando uma espécie de empurrão a tirando de minha frente e vou até a frente de Samantha. -Sabe, você é incrivelmente linda, mas pegou minha espada...- Não termino e antes mesmo da mesma perceber eu já tinha virado o braço da mesma para trás e tirado a espada de suas mãos dando uma risadinha. -Obrigado.- Falo soltando-a depois de deixar doer por uns três segundos.

Anastasia vira-se e caminha um pouco, ela definitivamente não gostava de mim e não precisa observar suas atitudes para saber disso, desde que me vira era assim. -Eu escuto bem, mas ninguém tem culpa de você ser insegura de tudo.- Suspiro e volto a olhar Samantha. -E você, nunca mais pegue minha espada ou de qualquer outro guerreiro de Nárnia, podia matá-la agora mesmo, mas não quero por que hoje está tudo bem comigo e não quero fazer o que fiz há quatro anos atrás.- Suspirei novamente. Olho para o céu e ele já estava naquele azul escuro diário, não possuía muitas estrelas e eu me perguntava por que, será que Anastasia emanava uma energia tão ruim que nem os seres celestes queriam proximidade a ela? Eu não sei não em. -Céu não tá muito estrelado hoje né?- Falo me lembrando do que tinha pensado a pouco e solto uma risada abafada. Guardo a espada a prendendo em minha cintura e olho nos olhos de Samantha, ela parecia gostar de minha espada o que me levou a concluir que ela gostava de armas. -Gosta de Armas é?- Pergunto ainda a olhando.
Créditos à The Machine

_________________



Victor L. Hilliard

Telmarino ° Lindjo ° Espada Estranha ° Doido @.@ ° Super Kawaii *-* ° Filho de meu pai
avatar
Victor L. Hilliard
Telmarinos
Telmarinos

Mensagens : 33
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Convidado em Sex Jan 24, 2014 12:32 am

not know what to do.
just don't know what to do with myself.I don't know what to do with myself.Planning everything for two,doing everything with you and now that we're through.I just don't know what to do

Anastasia me dava uma bronca por pegar a espada do Victor, mas na verdade, estava fazendo nada demais com ela. Só peguei e estava observando a lâmina. Meu tio havia me ensinado a deixar laminas afiada e era sempre interessante pegar na espada de qualquer um. O problema é que a raiva vinha e bem intensa.
-Só estou observando Anastasia... – Ele colocava a garota para o lado e eu o encarava me afastando um pouco e colocando a lâmina entre a gente.
- Obrigada. – De alguma maneira não explicada mesmo com a lamina entre a gente ele tentava pegar o meu braço. Ele estava tão furioso que aquilo só deveria deixa-lo mais irritado e eu nem entendia o porquê. Nem havia o ameaçado ou coisa assim.
Abaixo a arma e deixo ele pegar no meu braço. Fazer o que. Ele o virava, o que era para doer mas não fazia com tanta força. Ele queria colocar autoridade e... Estranhamente eu deixava.
Ele pegava a arma e eu ia até a Anastasia abraçando-a de forma carinhosa e protetora
– Está tudo bem? Desculpa. –  Ela observava ele provocando mais uma vez a menina. - Será que você ó honrado cavaleiro não pode deixar ela quieta? Claro que ela não gosta de você. Você tem uma espada é uma pessoa estranha e fica toda hora provocando ela. Deixa ela e você não encoste nela desse jeito. Ela é uma mulher...
Samantha estava se estressando com aqueles dois.
- Sim, vou me lembrar da próxima vez isso. Sábios conselhos... – Ela suspirava e voltava a pedir desculpas para a Anastasia. Se ela não tivesse pego a arma dele ele não teria mexido com ela desse jeito. Sabia que ela não era do tipo que se abalaria muito mas era sua responsabilidade aquilo também.
Soltava a menina momentaneamente e olhava nos olhos de Victor assim que ele olhava nos meus. Não desviaria em nenhum segundo.
- Sim, gosto. – Ela pensava em deixar só por ali mas suspirava e acabava perguntando- Por que?



tags: #me #someoneø song:I just don't know what to do with myself - The White Stripesø wearing: this

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Anastasia Ivanov em Sex Jan 24, 2014 12:41 am




Hear Me Roar



Escutou a conversa dos dois, ficando um pouco irritada. A voz dele não a agradava. Segui caminhando além, deixando os dois cada vez mais longe. Certamente se perderia, visto que Jacques não estava lá. Por onde ele andava? Por que ele não havia vindo com ela? Ele estava bem? Não conseguia imaginar seu irmão sozinho em casa, ainda mais agora que seu pai não estava lá muito bem. Continuou caminhando e, quando virou-se para trás, os dois estavam quase sumindo. Apertou os punhos e seguiu, com raiva. Não podia se preocupar com alguém que mal conhecia, era perigoso. Seguiu andando, procurando por algum lugar para ir.


thanks,

bluue @ cg



Anastasia Ivanov

Mensagens : 5
Data de inscrição : 22/01/2014
Localização : São Petesburgo, Rússia

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Victor L. Hilliard em Sex Jan 24, 2014 1:01 am




Victor, The Warrior
A força de um guerreiro vem de sua espada.


Foi até meio que fácil pegar a lâmina, a garota não fizera nada para me impedir, se bem que não teria nenhum sucesso caso tentasse. Consigo minha lâmina de uma forma gentil, não quis machucá-la e o motivo? Não sei. Com a espada presa na cintura, fico observando as duas, Samantha vai até Anastasia e a abraça o que faz com que eu revire os olhos e depois Samantha ainda vem com uma torrada de palavras me metralhando, eu não tinha feito nada demais, ela que começara com aquele papo de proteger Samantha de mim, eu não tinha feito nada a ela, a baixinha nem me conhecia e ainda vem pedir para eu deixá-la em paz? -Hm...Deixá-la em paz é? Eu não fiz nada demais, Srta. Samantha. Estávamos aqui quando ela supostamente chegou e veio com aquele papo de te proteger...Eu não faço nada com ela e ela vem cheia de desconfiança...Eu não posso fazer nada se ela teve uma vida insegura e solitária juntamente com sua família sem conhecer outras pessoas que a façam feliz.- Suspiro e continuo -Eu não encostar mais nela? Eu apenas toquei nela e a pus para o lado, eu estava irritado e ainda consegui me controlar. Eu poderia empurra-la e fazendo-a cair, mas não, eu preferi mudar ela de posição em centímetros...Fiz nada demais minha cara.- Suspirei e dei um sorriso quando Anastasia se afastava, mesmo não a conhecendo eu já não gostava dela da mesma forma que ela não gostava de mim.

Olho para Samantha e reviro os olhos novamente. -É melhor não brigarmos mais né? Poderemos até ser amigos.- Pisco para ela e sento na mesa de pedra. Olho para Anastasia mais uma vez e ela ia se afastando cada vez mais até que desaparecer o que me faz sorrir novamente. -Se você gosta tanto de espadas, por que não usa uma? Você pode precisar aqui em Nárnia, quase todos os dias é preciso ter uma arma consigo.- Sorrio e respiro um pouco mais lentamente. A brisa da noite era um pouco mais gélida o que me faz tremer um pouco, estava com uma roupa muito fina e com um calção curto, minhas canelas estavam tremendo um pouco. -Que frio em.- Comento. O lugar não tinha quase iluminação a não ser a da lua, aquele lugar amplo e iluminado agora parecia apertado e escuro. -Vamos conversar sobre algo...- Fico a olhando.
Créditos à The Machine

_________________



Victor L. Hilliard

Telmarino ° Lindjo ° Espada Estranha ° Doido @.@ ° Super Kawaii *-* ° Filho de meu pai
avatar
Victor L. Hilliard
Telmarinos
Telmarinos

Mensagens : 33
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Convidado em Sex Jan 24, 2014 1:22 am

not know what to do.
just don't know what to do with myself.I don't know what to do with myself.Planning everything for two,doing everything with you and now that we're through.I just don't know what to do

Ele começava a se explicar e no inicio escutava alguma coisa, mas depois não. Ela se aproxima dele e coloca o dedo indicador em seus lábios como se quisesse que ele se calasse. - Não precisa me explicar nada. Só queria que você não fosse tão rude com ela. – A voz que saia era mais cansada e baixa. Não queria brigar com ele.
Anastasia ia embora e ela observava ele sentar na mesa. Ela sentava do lado dele.
- Não sei manusear direito e se eu aparecer com espada desse jeito posso ser considerada ameaçadora. Mais interessante ser considerada somente uma pessoa comum.
Ela observava ele com frio e olhava em volta como se procurasse alguma coisa para mante-lo aquecido. Não encontra nada e olha em seus olhos.
- Quer sair daqui?


tags: #me #someoneø song:I just don't know what to do with myself - The White Stripesø wearing: this

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Victor L. Hilliard em Sex Jan 24, 2014 1:40 am




Victor, The Warrior
A força de um guerreiro vem de sua espada.


A medida que eu me explicava ela se aproxima de mim e com o dedo indicador conseguira me calar. -Hm...Eu não estava sendo rude, só quis entrar no jogo.- E dou uma risada fraca e baixa. A voz da mesma saíra tão fraca e baixa que eu quase não ouvira, mesmo com minha audição um pouco melhor que as das pessoas normais. Ela senta ao meu lado na Mesa de Pedra e observamos Anastasia se afastar daquele lugar e então ela começa a falar sobre espadas e eu a escuto atentamente o que ela dizia. -Bem isso é verdade...Mais você pode também escondê-la e poder ir para qualquer lugar sem que ninguém possa desconfiar de você e isso além de proteger, te dará uma carta na manga.- Pisca para a mesma e solta um sorriso. Ela pergunta sobre eu estar com frio logo após olhar ao redor. -Não, está tudo bem...- E olha em seus belos olhos de cor verde.

Me levanto e dou um sorriso -Bem, vamos treinar.- Digo rindo e entregando-lhe uma espada reserva que eu mantinha escondida -Viu? Você não sabia da existência desta espada e isto pode pegar meu inimigo em surpresa.- suspiro e continuo -Pronto, agora que estás com a espada, quero que mostre-me tudo que sabe naquela árvore.- Digo apontando para um pé de carvalho que bem grosso e altamente resistente. -Vamos ver se sabe mesmo manusear uma espada como uma guerreira digna.- Sento na mesa de pedra esperando as ações da garota.
Créditos à The Machine

_________________



Victor L. Hilliard

Telmarino ° Lindjo ° Espada Estranha ° Doido @.@ ° Super Kawaii *-* ° Filho de meu pai
avatar
Victor L. Hilliard
Telmarinos
Telmarinos

Mensagens : 33
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Convidado em Sex Jan 24, 2014 2:38 am

not know what to do.
just don't know what to do with myself.I don't know what to do with myself.Planning everything for two,doing everything with you and now that we're through.I just don't know what to do

Ela olhava para Anastasia indo embora e o ouvia falar sobre espadas.
-Talvez algum dia eu tenha uma assim.
Ele se levanta aparentemente animado e fala em treinamento. Ela começa a rir. Aquilo a pegava de surpresa. Ela se levanta e ele dá uma espada a ela. Samantha não acredita em nada daquilo, ou melhor, acredita mas é completamente surpreendida.
– Por isso eu nunca esperaria–  Ela olha para a árvore e para a espada e... Ele estava a testando. Aquilo a deixava um pouco vermelha.
- Olha, não... - Ela devolve a espada a ele. - Eu não sou uma guerreira de qualquer maneira.

tags: #me #someoneø song:I just don't know what to do with myself - The White Stripesø wearing: this

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Victor L. Hilliard em Sex Jan 24, 2014 2:51 am




Victor, The Warrior
A força de um guerreiro vem de sua espada.


-Você ainda terá uma.- Digo sorrindo para alegra-la um pouco mais, não sei se o frio estava atingindo-a, mas a mim estava. A mesma se levanta mais alegre e empolgada com a ideia e aquilo me faz sorrir, só que não aqueles sorrisos cínicos e falsos que damos a pessoas que não merecem nada, um sorriso alegre com felicidade. Ela levanta e pega a espada que a ofereço, é um pouco menor que a minha e um tanto menos resistente, mas é muito boa. Ela olha para a árvore depois para a espada e terminando olha para mim -Nem eu esperaria entregar minha espada reserva para alguém.- Ri. Percebo a mesma um tanto mais vermelha o que me faz rir novamente.

Ela entrega a espada para mim logo o que para a minha risada, o que teria acontecido? Ela não gostara da espada ou não queria ter ajuda minha? Não entendia o motivo desta mudança repentina de personalidade e gosto. -O que ouve? Achei que você gostasse de manusear armas, iria ajudá-la a melhorar neste quesito só para você se sentir mais feliz...Fiz algo de errado?- Pergunto a olhando. O tempo estava passando rápido e quanto mais tarde fica mais o frio aumenta. Assobio bem alto e em poucos minutos o meu pégaso aparece. -Chamou chefe?- Pergunta ele. -Pneumotroscopionogologista, vai lá na floresta e trás umas madeiras, quero acender uma fogueira.- Falo para o pégaso, ele entendera e fora buscar que durou poucos minutos. As madeiras eram ótimas, pegara fogo em poucas tentativas. -É bom ter um pégaso.- Falo para ela olhando para o pégaso que desaparecia no céu indo em direção da floresta. -São bem obedientes e leais.- Suspiro e sento próximo da fogueira a convidando para sentar.
Créditos à The Machine

_________________



Victor L. Hilliard

Telmarino ° Lindjo ° Espada Estranha ° Doido @.@ ° Super Kawaii *-* ° Filho de meu pai
avatar
Victor L. Hilliard
Telmarinos
Telmarinos

Mensagens : 33
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Convidado em Sex Jan 24, 2014 3:07 am

not know what to do.
just don't know what to do with myself.I don't know what to do with myself.Planning everything for two,doing everything with you and now that we're through.I just don't know what to do

-Então devo me sentir lisonjeada por isso.
Ela sorria e em seguida seu semblante ficava mais sério.
- Sim, eu gosto. Só... Você não fez nada de errado.
Ela desviava o olhar e desviava o assunto. Tudo começava a ficar bem frio. Ele chamava o pégaso.
- É, parece que você educou bem ele... - Ela sentava do lado dele e apoiava a cabeça no ombro dele.

tags: #me #someoneø song:I just don't know what to do with myself - The White Stripesø wearing: this

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Victor L. Hilliard em Sex Jan 24, 2014 3:25 am




Victor, The Warrior
A força de um guerreiro vem de sua espada.


-Deve mesmo.- Sorrio com a mesma e paro quando ela fica séria. Ela respondera minha pergunta, não fiz nada de errado, cortando palavras da frase...Desviando olhar, ela estava com vergonha, eu suponho. Suspiro e sorrio novamente. Tusso um pouco por causa do frio, eu era meio que um tanto frágil a doenças o que é incrível já que não mostro fragilidade em minhas batalhas, mas se foi assim que Aslam quis, quem sou eu para questionar? Coço a cabeça e depois ajeito os cabelos, era um tanto vaidoso, não muito só o básico assim como todo mundo que não quer ficar parecendo uma hiena ou ficar com uma juba de leão.

A convido para sentar e a mesma senta e ainda bota a cabeça em meu ombro, sorrio e faço um pouco de cafuné em sua cabeça. -É, desde pequeno o mostrei que é para obedecer somente a mim ou a quem eu pedi, fora desses requisitos pode matar.- Falo e fico com uma cara meio essa: " '-' ". -Preciso dizer uma coisa para você...-E fico a olhando.
Créditos à The Machine

_________________



Victor L. Hilliard

Telmarino ° Lindjo ° Espada Estranha ° Doido @.@ ° Super Kawaii *-* ° Filho de meu pai
avatar
Victor L. Hilliard
Telmarinos
Telmarinos

Mensagens : 33
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Convidado em Sex Jan 24, 2014 3:32 am

not know what to do.
just don't know what to do with myself.I don't know what to do with myself.Planning everything for two,doing everything with you and now that we're through.I just don't know what to do

Percebo ele tossindo e estava frio, mas para tanto? Ela fica intrigada com aquilo e um pouco preocupada. Ele faz cafuné nela e ela sorri escutando ele falar. Era extremamente estranho ela pensar que conheceu ele hoje e já estava assim. Não era para ela se afastar ou ... Meus pensamentos são cortados com a sua fala. Aquilo normalmente nunca era bom.
Ela tira a cabeça do ombro dele e volta a ficar ereta. Olha para ele.
- Que foi?

tags: #me #someoneø song:I just don't know what to do with myself - The White Stripesø wearing: this

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Victor L. Hilliard em Sex Jan 24, 2014 3:47 am




Victor, The Warrior
A força de um guerreiro vem de sua espada.


Quando eu parei de falar a brisa dominara o lugar com seu som calmo e meio que baixo, as chamas da fogueira frequentemente iam para o lado esquerdo que era o lado que a brisa estava indo e de vez em quando não vinha apenas uma brisa e sim um vento meio que forte. Ao tempo que vou fazendo cafuné percebo que a mesma sorri, em tão pouco tempo já pude considerar ter intimidade com ela...Estávamos nos aproximando. Sinto a mesma tirando a cabeça de meu ombro e ficando em posição ereta olhando para mim, volto meus olhos para os dela e viro ficando de frente para a mesma.

-Sabe...Você é muito linda e acho que estou gostando de você.- Sorrio para descontrair um pouco. Estar em sua presença me dava ânimo e eu não sabia a causa daquela sensação. Por Aslam o que estava acontecendo comigo? A olhava nos olhos meio envergonhado, nunca fui bom em falar sobre esses assuntos com outras pessoas a não ser comigo mesmo no espelho(Que porra é essa AUSDHAUSDHAU). Espero a mesma falar algo.
Créditos à The Machine

_________________



Victor L. Hilliard

Telmarino ° Lindjo ° Espada Estranha ° Doido @.@ ° Super Kawaii *-* ° Filho de meu pai
avatar
Victor L. Hilliard
Telmarinos
Telmarinos

Mensagens : 33
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Convidado em Sex Jan 24, 2014 3:58 am

not know what to do.
just don't know what to do with myself.I don't know what to do with myself.Planning everything for two,doing everything with you and now that we're through.I just don't know what to do

Ela prestava atenção no que ele diria a seguir. Ele então falava algo que... Deixava ela aliviada. Samantha sorria em seguida.
- Pensei que fosse algo mais... catastrófico. Eu também gosto de você, estamos tendo um momento legal.
Ela beijava a bochecha dele.

tags: #me #someoneø song:I just don't know what to do with myself - The White Stripesø wearing: this

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Victor L. Hilliard em Sex Jan 24, 2014 4:06 am




Victor, The Warrior
A força de um guerreiro vem de sua espada.


Escuto cada palavra que a mesma fala e por fim dou um suspiro em alívio, ela corresponde ao o que eu digo. -Gosta de mim também né? É. Estamos em um momento legal e um lugar não tanto legal.- Falo tremendo mais um pouco devido as leves ventanias que davam de tempo em tempo. O beijo na bochecha me pega de surpresa e fico meio vermelho com ela, me aproximo um pouco e beijo a sua testa depois a abraçando. -Gosto muito de você, muito mesmo.- Dou uma risada bem fraca para descontrair a tensão.
Créditos à The Machine

_________________



Victor L. Hilliard

Telmarino ° Lindjo ° Espada Estranha ° Doido @.@ ° Super Kawaii *-* ° Filho de meu pai
avatar
Victor L. Hilliard
Telmarinos
Telmarinos

Mensagens : 33
Data de inscrição : 23/01/2014

Ficha de Nárnia
História::
Arsenal::
HP::
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Convidado em Sex Jan 24, 2014 4:11 am

not know what to do.
just don't know what to do with myself.I don't know what to do with myself.Planning everything for two,doing everything with you and now that we're through.I just don't know what to do

Ela abraça ele tentando fazer com que ele se sinta mais quente e cochicha em seu ouvido.
- Chama o pégaso e vai para casa ou algum lugar mais quente... Você está muito frio.
Ela sorri com o beijo dele mas ainda continua apreensiva.
- Onde você mora? Quer que eu te deixe lá?

tags: #me #someoneø song:I just don't know what to do with myself - The White Stripesø wearing: this

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Mesa de Pedra

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum